Notícias
Compartilhar
30/11/2017

PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL chega À 6ª EDIÇÃO em 3 categorias

Para a presidente do Instituto dos Auditores Fiscais do Estado da Bahia – IAF, entidade filiada à FEBRAFITE, a Auditora Fiscal Lícia Soares, a iniciativa objetiva valorizar as melhores práticas de educação fiscal do país.

O Prêmio Nacional de Educação Fiscal – que neste ano chega à sua 6ª edição – anuncia os vencedores do ano nas três categorias: escolas, instituições e imprensa,  nesta quarta-feira, dia 29, às 19h30, na Tribuna de Honra do Estádio Nacional de Brasília (Estádio Mané Garrincha), no centro da capital federal.

O prêmio é promovido pela Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Escola de Administração Fazendária (Esaf) e com o Programa Nacional de Educação Fiscal (Pnef).

Para a presidente do Instituto dos Auditores Fiscais do Estado da Bahia – IAF, entidade filiada à FEBAFITE, a Auditora Fiscal Lícia Soares, a iniciativa objetiva valorizar as melhores práticas de educação fiscal do país, que ressaltam a importância social dos tributos e sua correta aplicação em benefício da coletividade.

Disputarão os três primeiros lugares na categoria escolas: Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Oscar Machado, de Santa Vitória do Palmar (RS); Escola Estadual Francisco Cândido Xavier, de Uberaba (MG); Escola Cidadã Integral Técnica de Cajazeiras Profª. Nicéa Claudino Pinheiro, de Cajazeiras(PB); Centro Municipal Infantil Prof. Wilson Mota dos Reis, de Manaus (AM); Escola Municipal de Ed. Infantil e Ensino Fundamental Professora Rosilda Wanghon, de Santarém (PA); e Escola Municipal Filomena de Oliveira Leite, de Curvelo(MG).

Na categoria instituições, foram selecionadas para a final: a Universidade Estadual de Goiás (UEG), Campus de Aparecida de Goiânia; a Prefeitura Municipal de Estação, no Rio Grande do Sul; a Secretaria Municipal de Educação de Maringá, no Paraná; e a Prefeitura Municipal de Aquiraz, no Ceará.

Pela categoria imprensa, duas reportagens concorrem ao primeiro lugar: “A alta taxa de impostos não é percebida por muitos consumidores”, da TV Cabo Branco, afiliada da TV Globo de João Pessoa, do repórter Danilo Alves, e “Crianças aprendem seus direitos e ajudam pais”, publicada no Jornal Stylo, do Tocantins, da jornalista Janete Gomes.

Desde a primeira edição da premiação em 2012, a coordenação do prêmio recebeu mais de 800 projetos de Prefeituras Municipais, escolas públicas, universidades, dentre outras pessoas jurídicas que desenvolvem, diretamente, projetos voltados à área da educação fiscal em todo o País.

Participarão da solenidade autoridades convidadas, auditores fiscais, representantes das instituições apoiadoras, parceiras, patrocinadoras, dos projetos finalistas, dentre outros.

Segundo Lícia Soares, a tendência de estimular a educação fiscal e a cidadania vem sendo uma prática também adotada pelo IAF/IAF Sindical, que a nível local vem implementando o projeto JOVENS VENCEDORES – É NA ESCOLA QUE TUDO COMEÇA, quando estimulamos a formação da cidadânia e as primeiras noções sobre a importancia do imposto.

Ainda sobre o Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2017, haverá transmissão simultânea da festa na página da premiação no Facebook (/PremioNacionalEducacaoFiscal), a partir das 19:30h desta quarta-feira,  horário de Brasilia.

Fonte: Bahiaja

Notícias Relacionadas