Artigos
Compartilhar
07/07/2017

Inflação anual chega a 3% e Meirelles continua jogando xadrez

O IPCA teve deflação de 0,23% no mês de junho, a primeira em 11 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado é o mais baixo para um mês de junho desde o início do Plano Real, um resultado fantástico pois a pouco mais de um ano a inflação anual tinha dois dígitos.

 Série de notícias positivas

O resultado da inflação segue uma série de notícias positivas meticulosamente colocadas por parte da equipe econômica capitaneada pelo Ministro Meirelles ao longo do ano da política econômica.

A última tinha sido a edição da Resolução nº 4.582, de 29/6/2017 que fixou de forma Fixa a meta para a inflação e seu intervalo de tolerância para os anos de 2019 e 2020, apontando para o mercado o compromisso da política econômica com a estabilidade da inflação e sinalizando um horizonte para investimentos produtivos, que geram lucro, mas como efeito direto empregos e impostos.

Não custa repetir que todos se beneficiam da queda da inflação, principalmente os trabalhadores que se livram do mais nefasto imposto pago, a inflação.

 Estratégia Inteligente e Planejada

Pela estratégia adotada pela equipe econômica o estoque de boas notícias não vai parar.

Teremos primeiramente em julho, dias 25 e 26, reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), onde teremos nova queda da taxa SELIC, e que se não fosse o ambiente político conturbado, poderia ser mais substancial.

Nos próximos dois meses a inflação anual tende a cair abaixo dos 3%, pois já que os 0,52% de julho de 2016, e 0,44% de agosto de 2016, serão substituídos, provavelmente, por índices mais civilizados, puxando a inflação para baixo.

Em setembro, dias 05 e 06, nova reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), com inflação já a três meses flutuando no intervalo baixo da meta de inflação, provável nova queda da Selic.

Isto sem contar com melhores notícias no campo do PIB, trajetória de crescimento da dívida pública, empregos, exportações, etc.

 Meirelles continua jogando xadrez

O Ministro Henrique Meirelles esta entregando o que se comprometeu, mudou completamente o cenário da inflação e como consequência a melhora do ambiente econômico que é o que pode trazer de volta os empregos, a renda, e os necessários impostos para sairmos da imensa crise fiscal que nos encontramos.

Tudo isto feito com a técnica, experiência e, apesar de nossa justa impaciência, no tempo correto.

Eu diria que está jogando xadrez de altíssimo nível, meus filhos diriam que ele mitou.

Sergio Furquim – Vice-Presidente do IAF

 

Notícias Relacionadas