Notícias
Compartilhar
08/06/2018

ICMS cresce 3,07% em Maio

A arrecadação de ICMS de maio fecha com crescimento real de 3,07%, mais um bom resultado no ano, apesar do conturbado ambiente econômico e fiscal do país.

Crescimento Real em Maio

Em maio de 2018 a Bahia continua com bom desempenho na arrecadação de ICMS, tendo apresentado crescimento nominal de 5,59% em relação a maio de 2017, um crescimento real de 3,07%.

A arrecadação de ICMS, atualizada pelo IPCA-e de maio de 2018, alcançou o montante de 1,736 bilhão frente aos 1,685 bilhão de 2017.

Destaques no crescimento da arrecadação de ICMS

 Em maio de 2018 podemos destacar o crescimento real da arrecadação de alguns segmentos importantes, a exemplo dos de Petróleo (4,65%), Comércio Varejista (7,94%), Atacadista (7,0%), Bebidas (21,83%).

Como destaque negativo, o desempenho do segmento de Energia e Telecom, com queda real de10,44%.

Melhoria da situação fiscal.

O crescimento da arrecadação de ICMS resulta na continuação do ciclo de melhoria da saúde fiscal do Estado da Bahia, que ao contrário de diversos estados, continua exibindo bons números, pagando em dia suas obrigações com o funcionalismo público, fornecedores e realizando investimentos.

O incremento da arrecadação de ICMS da Bahia também contribui para o aumento da receita do Fundo de Participação dos Munícipios, e com isso ajudando as finanças municipais.

Auditores Fiscais

Os Auditores Fiscais continuam comprometidos com o desempenho crescente da arrecadação dos impostos estaduais, com a manutenção da saúde fiscal da Bahia, e implementando ações com base no aumento da eficiência e produtividade, sem aumento da carga tributária.

Essa é a fórmula de sucesso que proporciona a melhoria sustentável no longo prazo das políticas públicas, não comprometendo o desenvolvimento das atividades produtivas, ponto fundamental para a geração de renda, empregos e impostos.

Os resultados até aqui alcançados só aumentam a responsabilidade dos Auditores Fiscais, mesmo cientes das dificuldades no ambiente econômico nacional.

Notícias Relacionadas